domingo, 31 de agosto de 2008

Mariza,... na minha terra


Mais uma noite,... acrescentar ao sabor da minha vida.
MARIZA,...na minha terra...rodeada de gente da minha terra...
O fado na voz dela...o som da guitarra portuguesa no silêncio da noite,...provoca aquele arrepio incontrolável cá dentro do corpo que só uma alma portuguesa consegue entender.
Bom demais...
Foi ontem.

sábado, 23 de agosto de 2008

UM EXEMPLO DE VIDA

video

Ontem, uma amiga enviou-me este e.mail. Não o conhecia, mas foi o bastante para dar por bem empregue o bocadinho que estivemos à conversa, neste mundo virtual. Percebemos, que é impossível a quem quer que veja este vídeo,...ficar indiferente. E, estas lágrimas que chorei, que a minha amiga chorou e que, provavelmente, choraram todas as pessoas que o vejam,...não é pela tragédia, nem pelo drama deste miúdo, deste ser humano que apenas teve o azar de nascer diferente,...mas,...pela Mulher maravilhosa que é esta Avó.

Um exemplo, do que é ser um verdadeiro Ser Humano, do que é ter uma Vida Útil, do que é ter um Infinito Amor, do que é sentir um Amor Incondicional,...um exemplo do que é ter um verdadeiro Espirito de Sacrificio e de Bondade,... por alguém que é só nosso. Não tenho palavras, para exprimir o quanto esta AVÓ vale por si só,... o quanto maravilhosa ela é. Só sei,...que ela viverá muitos anos,...só sei que ela merecia viver muito para além dos anos.

Sei também,...que este neto não nasceu num berço de oiro.

Mas, tenho a certeza que este neto,... vive na casa do Amor e que é Profundamente Feliz,...graças à imensa sorte de ter por AVÓ esta MULHER MARAVILHOSA,... esta Avó que tem, apenas, um CORAÇÃO limpo e livre de tudo o que é mau.

Só quem o tem assim,...é capaz de chorar e sorrir daquela maneira.

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Uma Casa Portuguesa


É uma casa portuguesa.

Num dos meus passeios de domingo, quase sempre sozinha,...não por falta de companhia,...
mas por escolha e opção, tenho por hábito pegar no carro e ir,...muitas das vezes sem saber o destino a que vou dar.
Desta vez,...fui parar a Alcochete.
Uma vila discreta, muito pacata, mas com história e tradição. Havia, ainda, vestígios da festa do Barrete Verde nas ruas da vila.
Andando ao longo da marginal, com o Tejo a bater em força no paredão,...atravessei o jardim com a estátua de D.Manuel I a olhar o rio que corre para o mar e que o fez um dos maiores de Portugal. Impulsionador e navegador do período de ouro da história deste país, que foi a época dos Descobrimentos.

Depois de tanto,...ficamos com tão pouco.

Talvez, por isso,...sejamos um povo de saudades.
Saudade,..de sermos valentes,...empreendedores,...unidos por uma causa colectiva e universal que nos torna-se de novo orgulhosos daquilo que verdadeiramente somos.
E, somos de facto um povo maravilhoso,...porque, apesar de tudo, de todos os tormentos, de todas as ditaduras de ontem e de todas as incompetências de hoje que nos atrofiaram e continuam atrofiar e contribuíram para o atraso e perda de oportunidades de avançar como avançamos no Mar,...apesar de tudo isso,...continuamos a ser suficientemente Humildes para sermos Orgulhosos e mantermos a nossa identidade e caractér geneticamente,...social.
Ainda, somos um povo que fala com as mãos e pensa com o coração.
Ainda, somos um povo que recebe de braços abertos.
Ainda,...ainda...

Até quando??!!...
Até quando, não sei...
Só sei é que já fomos tanto,..e estamos, aos poucos, a não ser coisa nenhuma....(até, já tenho pavor de ver e ouvir os telejornais)

Por isso, convém, de vez em quando,...Olhar para a nossa História.
Por isso, convém de vez em quando,...Olhar para uma Casa Portuguesa,...

domingo, 17 de agosto de 2008

Ressalva...

Esqueci-me de dizer,...que para alguns dos meus prazeres, tinha primeiro que me sair o Euromilhões...lolol
Mas pronto,...resta saber se tudo o que imagino, irá um dia,...ser possivel....lolol
E depois, sonhar não paga imposto e nunca fez mal a ninguém.
Antes pelo contrário, só dá é Prazer e vontade de concretizar...lolol

sábado, 16 de agosto de 2008

Prazeres...os teus quais são???

Há falta de ideias e baseando-me numa entrevista que li na revista de um jornal diário da nossa praça,...lembrei-me de fazer um desafio aos "amigos" bloguistas que por aqui passam e que estejam dispostos a entar neste "jogo",... que é o seguinte:

Cada um,... inumerar os 7 prazeres que, eventualmente, possam ter e gostariam de realizar partindo de 7 palavras.

Aqui vão os meus prazeres

1 Viajar - Ir conhecer Argentina, dançar o Tango em Buenos Aires, depois descer as Pampas e deslumbrar-me na Patagónia.

2 Navegar - Por todos os rios de Portugal, acompanhada de amigos, conversando, rindo e partilhando a mesa.

3 Conhecer - Trás-os-Montes e descobrir a gastronomia Transmontana.

4 Descobrir - Itália, alugar um carro e ir sem destino à descoberta da BOTA...lol

5 Redescobrir - Cuba, depois dos Fideis e dançar salsa até nascer o dia.

6 Oferecer - Pegar na pessoa que se ama e ir jantar a Paris

7 Conseguir - Ter Saúde, Ter Amigos, Viver em Paz e com Amor até ao fim

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

O Fabricador de espécimes...

Mohammed Awad Bin Laden...

Este senhor casou 22 vezes... isto é que é saber escolher.
Teve mais de 50 filhos...isto é que é reproduzir ...acredito que não saiba o paradeiro de muitos, é que a partir dum certo número,...deixa-se de ter noção.
Ora, o problema causado por este senhor, não foi ter feito os tais 50 filhos.
O problema foi ter feito o 17º .
Esse rebento,...adivinhem que é???!!!...
Nem mais,...esse mesmo,...o Ossama,...tenho a certeza que se lhe tivesse chamado Samba, ele teria sido outro.
Pois, a mãe que deu à luz este menino,...foi a 10º esposa do grande criador destes espécimes.
Farta com a sorte que certamente ia ter, assim que deitou cá para fora o rapazote, livrou-se do Mohammmmed.

Nunca este ditado coube tão bem numa história de "Amor" : A Vingança Serve-se Fria.

Agora digam lá,...se as mulheres não são mázinhas...lololol

Chiça!!

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Mais que perfeito...

JOGOS OLIMPICOS DE BEIJING 2008- CHINA

Não sei,...qual das duas tecnologias será a mais avançada e a mais perfeita,...se a perfeição do nível aerodinâmico a que chegou o corpo dos nadadores,...se o alto nível tecnológico a que chegou a captação de imagens subaquáticas, desses mesmos nadadores.

Sendo a natação o único desporto que me faz pegar na sacola e vestir o fato de banho seja Verão ou Inverno,...escusado será dizer, que é dificil descrever o prazer que dá, através destas imagens fabulosas, ver estes nadadores "Topo de Gama" na mais perfeita harmonia,... entre o corpo e a tecnologia,... desta fabulosa piscina algures em Pequim.

Vale a pena ver.

domingo, 10 de agosto de 2008

FERNANDO P versus Fernanda P...


O que há em mim é sobretudo cansaço
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço.
A subtileza das sensações inúteis,
As paixões violentas por coisa nenhuma,
Os amores intensos por o suposto alguém.
Essas coisas todas.

Essas e o que faz falta nelas eternamente;
Tudo isso faz um cansaço,
Este cansaço,
Cansaço. (...)

Porque eu quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser...
E o resultado? (...)
Para mim só um grande, um profundo,(...) infecundo, cansaço,
Um supremíssimo cansaço.
Íssimo, íssimo, íssimo, Cansaço...

Álvaro de Campos

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Uma noite no tempo

Lembro-me do calor que estava na noite em que tirei esta fotografia.
Vinha quente por dentro também,....Tequilha e afins,....o bar era aberto...lol
Mas depois de tudo isto, de dançar e pular, de beber e de rir ao som da salsa e do mambo, lembro-me do silêncio e da escuridão deste lugar e a falta que senti por não ter por quem sentir.
Talvez, a imagem idilica e perfeita que tenho e pretendo do amor,...me impeça de viver outros amores.
Trocamos beijos, abraços, sexo,..mas o que verdadeiramente desejamos, é o que está dentro dos beijos, dos abraços e do sexo.
O que verdadeiramente desejamos é o que vem depois de tudo isso...
O tempo é o pior inimigo do amor,... porque vivemos na ansia do o encontrar e por causa disso precipitamo-nos em vez de escolhermos.
Deixamos de ser exclusivos e passamos a ser partilhados por tempos.
A indiferença, torna-se o comprimido para sarar as feridas do que existiu e é, a única forma de nos defendermos daquilo que achamos que é o amor.
Nesta noite não houve amor...
Já não o tinha.

domingo, 3 de agosto de 2008

A Música



Hoje vou ver o Jorge Palma

Porque gosto de o ouvir e porque ele teve o engenho e a arte de escrever esta letra e esta música, em forma de presente, sem preço,... para oferecer aos AMIGOS.

Em tempos,...já lá vão dez anos,...também tive,...assim,... um presente dos meus amigos.

Foi nessa altura que soube que os tinha.
Ainda hoje, cá estão todos.
Ainda hoje permanecem.

E, há, hoje, também,...um pedacinho de lágrima a correr dentro do meu olhar, pelos abraços que ficaram por dar.